Guia definitivo para resolver seus processos burocráticos de Recrutamento e Seleção

[eBook] Guia definitivo para resolver seus processos burocráticos de Recrutamento e Seleção

capa-ebook-recrutamento-selecao-s

Com estão os processos de Recrutamento e Seleção da sua empresa? Você enfrenta problemas no seu fluxo de aprovação e seus colaboradores demoram a se integrar e começar as atividades na sua organização?

Na última década, surgiram na Internet diversos serviços que facilitam e barateiam o trabalho de recrutamento e seleção. O mais conhecido deles é o LinkedIn, que, com mais de 500 milhões de usuários, é atualmente a maior rede profissional do mundo.

Na trilha do sucesso do gigante americano, nasceram outras iniciativas como o Reachr , avalia se há compatibilidade entre candidato e empresa. Além disso, há uma infinidade de sites que funcionam como agregadores de vagas. Entre os maiores e mais conhecidos do Brasil estão o Vagas.com e a Catho.

 

Encontrar os candidatos é só o primeiro passo

Todas essas ferramentas virtuais são inovadoras e têm atraído milhões de usuários. O problema é que elas ajudam seus clientes a encontrar profissionais qualificados, Que habilidades ele precisa desenvolver? Quem será seu sucessor no caso de uma promoção?

É para resolver essa falta de integração entre a admissão do profissional e as demandas que ele gera quando já está dentro da empresa, que surgiram plataformas completas de recrutamento, contratação e gestão. A promessa é facilitar o dia a dia e os processos de RH das organizações. Uma delas é o SAP SuccessFactors, que se apresenta como uma solução automatizada para a gestão de pessoas.

Com mais de 40 milhões de usuários espalhados entre as 5 mil companhias que utilizam o serviço ao redor do mundo, o sistema integra os diversos processos do departamento de RH, além de oferecer ferramentas de comunicação interna.

Quer saber mais sobre como otimizar e agilizar os seus processos de Recrutamento e Seleção? Baixe o eBook e entenda como a tecnologia pode agilizar seus processos.

 


www.sou.com.br

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta