Tendências de Educação Corporativa para 2017

Sua área de T&D está preparada para 2017? Entenda quais serão as Tendências de Educação Corporativa para 2017 aqui no Blog da SOU.
Muitas empresas entendem que para sair da crise será necessário investimento em treinamento e capacitação, uma vez que o quadro de funcionários está reduzido, é preciso reter e treinar os talentos da organização.
Estima-se que o mercado global de e-Learning foi estimado em mais de US $ 165 bilhões, e deverá crescer 5% entre 2016 e 2023, superando US $ 240 bilhões, de acordo com uma pesquisa da Docebo.
O uso do e-learning no ensino-aprendizagem gera benefícios como a facilidade de utilização, podendo ser acessado de qualquer lugar, a qualquer hora (exceto por alguma regra interna das organizações), é uma forma rápida de treinar, alcança muitos colaboradores e possui melhor custo-benefício comparado a outros tipos de treinamento.
Na educação corporativa, o objetivo é desenvolver pessoas de forma estratégica, afim de alcançar as metas da empresa, contribuindo para o engajamento e retenção de talentos.
A seguir listamos algumas tendências para Educação Corporativa para o ano de 2017. Alguns itens já estão em pauta e vem sendo utilizados por grandes empresas, outros ainda são promessas no Brasil, que por falta de estrutura e investimento acabam sendo inviabilizados pelas áreas de T&D.
Alguns métodos e tecnologias ainda são promessa, podendo ser alterado a forma de como são utilizados nas grandes organizações, ou seja, os tipos de treinamentos que vem sendo mais procurados, dando destaque para os treinamentos comportamentais.

Vídeos

Estima-se que em 2020, 70% de todo tráfego da Internet seja em vídeo, de acordo com a pesquisa Mobility Report, da empresa Ericsson. Outras pesquisas apontam para números ainda maiores, afirmando que em 2019, 80% do tráfego de internet do mundo será de vídeos, pesquisa da Cisco.
O uso de vídeo no processo de ensino-aprendizagem talvez seja uma das maiores tendências para 2017. Com a aprendizagem por meio de vídeos, o aluno se identifica mais com o conteúdo, gerando mais proximidade. Ainda é possível aumentar a absorção em vídeos, se o mesmo for apresentado em conjunto com quizzes ou outros formatos onde o aluno tem que interagir com o conteúdo, criando uma arvore de decisão.
Outro benefício do uso do vídeo é que pode ser visto em qualquer plataforma ou dispositivo, tornando-se uma mídia que pode ser facilmente difundida.

Microlearning

Em conjunto com os vídeos, o Microlearning vem sendo cada vez mais adotado em grandes organizações, uma vez que podemos aplicar conteúdos de curta duração, que podem ser facilmente incorporados na agenda diária dos colaboradores. Usando vídeo curtos (de 3 a 8 minutos), documentos de página única, pequenos pedaços de dados ou outros recursos concisos que não carregam o colaborador com muita leitura e informação.
Quer saber mais sobre o assunto? Baixe o eBook “8 dicas de Microlearning para reduzir custos”
capa wp microlearning CTA
 

Mobile Learning

Com o crescente número de dispositivos móveis, é natural o uso deles para a aprendizagem no local de trabalho. A facilidade de acessar os treinamentos em dispositivos móveis ajuda os funcionários a obterem as informações de forma mais ágil e quando realmente precisam. Esta tendência não é mais uma novidade, porém com o avanço das plataformas LMS, agora também responsivas, o uso de dispositivos móveis para aprendizagem deve ser difundir ainda mais.

Gamification

O gamification já está há algum tempo no mercado. No entanto, está sempre em evolução, o que a torna uma ferramenta muito poderosa que melhorara a inovação, habilidades e capacidade de resolução dos problemas.
Você sabe o que é gamification? Trata-se de uma técnica que visa tornar a aprendizagem uma experiência divertida em um ambiente lúdico para os indivíduos e tornou-se uma das tendências mais sensacionais e-Learning em 2016, pois mistura elementos de jogos para atividades do dia a dia, como missões, pontos e rankings.
Os jogos de aprendizagem utilizam vários níveis que os alunos devem concluir, se concentrando em questões-chave ou tópicos, ajudando assim a retenção de conhecimento. Organizações e corporações investiram no desenvolvimento de módulos que combinam treinamento e jogos para melhorar o desempenho dos funcionários, bem como auxiliar no seu desenvolvimento pessoal.

Weareables e aprendizagem aumentada

Wearable gadgets são a nova onda no mundo da tecnologia. Google Glass, Apple Watch e Oculus Rift são alguns dos gadgets que foram pioneiros na crescente tendência de Realidade Virtual em e-Learning através de aparelhos portáteis. Estes dispositivos ajudam os usuários a interagir com o conteúdo e-Learning de uma forma multidimensional e mais dinâmico, tornando o eLearning mais atraente e interativo para os colaboradores, permitindo uma interação do aprendiz com o ambiente projetado, apresentando situações da vida real por meio das simulações em ambiente virtual.

Big Data, Machine Learning e Deep Learning

O desafio em treinar colaboradores é pauta de discussão de grandes estudiosos, porém, cada vez mais, vemos empresas de tecnologia criar inovações disruptivas, como o Machine Learning e Deep Learning, conceitos e métodos que, aliados a Big Data, podem mudar complementa a forma que aprendemos, incluindo a Educação Corporativa.
Trata-se, basicamente de um futuro (próximo), quando os sistemas de gestão da aprendizagem serão mais inteligentes, podendo aprender a utilizar dados importantes (por meio da Big Data) em conjunto com ferramentas inovadoras (como a Realidade Virtual – VR e Realidade Aumentada – AR, por exemplo), gerando experiências verdadeiramente imersivas.
Todas estas tecnologias e conceitos ainda são muito novos, mas promissores. Acreditamos que em um futuro próximo, deixarão de ser tendência e serão cada vez mais utilizados para o ensino-aprendizagem, hoje pouco utilizada pela indústria de entretenimento. Talvez seja muito cedo para ver um grande progresso, mas tenho certeza que haverá muito mais discussões em 2017 sobre a aprendizagem de máquinas e como ela pode transformar programas de treinamento.
E você? Já utiliza alguma tendência dessas em sua empresa ou tem outra sugestão do que pode ser tendência em 2017? Comente!
Precisa de uma mão com uma equipe multidisciplinar pronta para produzir e-Learnings, games e cursos? Baixe o eBook: Como desenvolver Cursos em larga escala com qualidade e valor acessível e entenda os principais benefícios da utilização do modelo de Equipe Dedicada.

 
 
 


www.sou.com.br

1 comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *