A Avaliação de Desempenho é um ritual de encontro

A Avaliação de Desempenho é um ritual de encontro

É quando paramos para olhar para o outro e para o mundo em que ele se insere.
Trançar a expectativa da empresa, a do gestor e a do colaborador com a realidade da empresa, do gestor e do colaborador. E saber usar esse instrumento para construir em conjunto é o que faz do gestor um líder.
Quando a gente fala de avaliação de desempenho, estamos obviamente nos referindo à produtividade e à qualidade, dois gaps do mercado brasileiro. Mas não só: estamos falando de criar oportunidade para o desenvolvimento de talentos. E é isso que difere uma empresa de outra: a capacidade de fazer com que o colaborador caminhe junto com a evolução do negócio e do mercado.
Na era do conhecimento, em que o motor propulsor das empresas é a aplicação das competências e repertórios pessoais, alimentar cada indivíduo com a dieta mais indicada para que adquira as experiências práticas e intelectuais é a garantia de diferencial competitivo para a carreira do colaborador e para a companhia.
Veja que as habilidades que serão destaque em 2020 não são mecânicas:

  1. Capacidade de resolução de problemas complexos
  2. Pensamento crítico
  3. Criatividade
  4. Gerenciamento de pessoas
  5. Coordenação com outros
  6. Inteligência emocional
  7. Capacidade de julgar e tomar decisões
  8. Orientação para o serviço
  9. Negociação
  10. Flexibilidade cognitiva

Fonte: Jobs Report, World Economic Forum
Muitos dos itens acima constam do roll de pesquisa dos principais métodos de avaliação de desempenho. E a mensuração de produtividade e qualidade passa pelo esforço de tornar cada sutileza visível aos olhos. É com essa transparência que o capital humano, principal ativo das organizações do século XXI, se mantém valorizado.
A atenção do time de RH ao selecionar o método, independentemente de modismos, deve estar em perceber se ele é capaz de mensurar os elementos em que se baseia a cultura daquela empresa. Às lideranças cabe um papel clínico: tomar os dados dessa pesquisa, ouvir o indivíduo para descobrir hábitos que precisam ser encorajados e os que precisam de transformação e determinar as ações mais saudáveis, inserindo desafios pessoais ao organismo vivo que é a companhia. Isso significa ter uma lente multifocal em mãos, com perfeita definição não importa a distância. Aliás, essa é a porta para carreiras sem fronteiras. É a interface para interpretar singularidades e movê-las com destreza e respeito.
Líder, você está pronto para conduzir transformações com entusiasmo? Reveja seus instrumentos de avaliação e use-os como alicerce para todas as dimensões envolvidas. É essa interseção que amadurece e mobiliza.
Quer saber mais sobre RH e tecnologia na Gestão de Desempenho? Baixe o eBook grátis agora mesmo!
banner ebook avaliação de desempenho
 
foto luiz comar
 
Artigo escrito por:
Luiz Comar
Diretor Executivo @ SOU
 
 


www.sou.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *