Recrutamento e Seleção: 5 tendências para 2020

Triagem automatizada de candidatos e softwares que analisam o tom da voz do profissional são algumas das tendências de recrutamento e seleção previstas para acontecer nos próximos anos.

Dos sites para anúncios de vagas de emprego às soluções automatizadas, gestores de RH presenciaram, na última década, o advento de diversas ferramentas com potencial para revolucionar seu modo de trabalho.

Diante de tantas opções, há quem escolha aderir às novidades e quem prefira se ater aos procedimentos mais tradicionais. No entanto, o uso dessas tecnologias em breve será obrigatório para as empresas que quiserem se manter ágeis e conectadas. Uma pesquisa realizada pela rede profissional LinkedIn ouviu 331 líderes corporativos brasileiros da área de atração de talentos, de departamentos de RH de diversas empresas ao redor do país, e elencaram cinco tendências que devem transformar o setor de recrutamento nos próximos anos – três delas são pautadas pelo uso das novas tecnologias.

Nós trouxemos essas cinco tendências de recrutamento e seleção para você conhecer:

1. Seleção inteligente

Questionados sobre apostas para o futuro, 28% dos entrevistados citaram o uso de ferramentas inovadoras de seleção e entrevistas, como triagem automatizada e softwares que analisam o tom da voz do candidato. Atualmente, investimentos nessas tecnologias representam 23% do orçamento das equipes consultadas. Quando questionados como gastariam se contassem com orçamento ilimitado, 47% dos líderes de talentos responderam que investiriam em ferramentas de contratação.

2. Automação

Outra tendência levantada por 27% dos tomadores de decisão é o emprego de soluções automatizadas para contratação de profissionais. Esse tipo de solução já é oferecida pela SuccessFactors, ferramenta da SAP comercializada no Brasil pela SOU.

Não é surpresa que automação esteja na lista de prioridades do setor – nem para os autores da pesquisa nem para nós, da SOU. Isso porque os recrutadores também mencionam um aumento nas demandas de contratação frente a um cenário de força de trabalho e orçamento limitados.

A automação tende a aumentar a velocidade das contratações. Além de remover a parcialidade humana e também gerar melhores formas de avaliar os candidatos. Não irão haver mais justificativas para não-contratação como “não fui com a cara dele” e nem justificativa para contratação como “ele é meu primo”. Com a automação é possível ser muito mais imparcial no processo de seleção. Isso é uma vantagem tanto para a empresa quanto para o candidato.

3. Recrutamento online é uma tendência de recrutamento e seleção

Outros 33% dos entrevistados apostaram no crescimento do uso de comunidades virtuais e sites de vagas para recrutar candidatos mais diversificadosHoje, segundo a pesquisa, eles já ocupam o segundo e terceiro lugares entre os cinco principais canais para contratação, atrás apenas das indicações de funcionários da empresa. No Brasil já existem diversos sites que possibilitam esse tipo de trabalho de recrutamento e seleção.

Alguns deles, apenas fazem o disparo de currículos. Enquanto isso, outros permitem que a empresa faça todo o processo seletivo através do site.

4. De olho na missão

Outra tendência apontada por 35% dos tomadores de decisão é a preocupação com a alavancagem da missão da empresa. Isso tem se tornado cada vez mais relevante para atrair os melhores talentos. 

Portanto, torna-se necessário a contratação de talentos aderentes à cultura, missão, visão e valores da empresa. Talentos que queiram vestir a camisa e atuar como protagonistas. Isso quer dizer que, mesmo se o candidato tiver o melhor dos currículos, se seus valores não estiverem condizentes com a empresa, ele não entrará. Esse tipo de postura por parte da organização e dos responsáveis pelo recrutamento e seleção evita inúmeros problemas futuros com tais funcionários. Colaboradores que não estão alinhados com a cultura da empresa tendem a agirem de maneira inapropriada. Isso pode, em algum momento, atrapalhar o andamento dos trabalhos.

5. Avaliação de competências interpessoais

Com 41% das citações, a principal tendência para os processos de recrutamento e seleção dos próximos dez anos é a avaliação das competências interpessoais do candidato. Para os entrevistados, prestar atenção na habilidade do profissional de lidar com diferentes pessoas e situações pode ajudar a prever seu sucesso em determinada vaga. E isso independe da vaga a que o candidato esteja pleiteando, ok?

Mesmo que naquele cargo ele não tenha que lidar muito com pessoas, é importante que o profissional tenha esse tipo de habilidade.

Um empresa funciona com o bom andamento de todos os setores e estes precisam estar em harmonia. Para que isso aconteça, os funcionários de cada área também precisam se dar bem. Por isso, muitos gestores de RH apostam em happy hours e confraternizações. Assim, colaboradores de diferentes áreas podem fazer amizades e dar boas risadas.

Quer saber mais sobre como otimizar e agilizar os seus processos de Recrutamento e Seleção? Quer entender completamente como fazer uma boa Gestão de Pessoas? Baixe o eBook e saiba como a tecnologia pode agilizar seus processos.

ebook recrutamento e selecao

www.sou.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *