Vantagens do Upskilling e Reskilling aplicadas nas organizações

Estamos na era da inovação, onde a necessidade de estar constantemente informado é aprimorada constantemente, seja pelo apoio da tecnologia ou também por meio de processos inovadores.

Em inglês, a palavra “skill” significa “habilidade”.

Com isso, o termo Skilling vem sendo muito utilizado em temas que dizem respeito a tornar-se hábil em algo, ou de se desenvolver.

É aí que surgiram diferentes tendências de gestão de pessoas – com duas metodologias um tanto parecidas em nome: Upskilling e Reskilling.

Esses dois temas: upskilling e reskilling, vem tomando cada vez mais espaço quando se fala de profissional atualmente.

O que é Upskilling e Reskilling?

 

Ambos os termos pressupõem um esforço voltado para o desenvolvimento profissional, e estão associados também com um conceito que vem sendo disseminado constantemente: o lifelong learning, ou também conhecido como aprendizado contínuo, em português.

Bom, vamos lá!

Se buscarmos o entendimento de forma literal, o significado traduzido dessas tendências, são:

Upskilling – up (acima, subir, escalar) skilling (treinar habilidades).

Reskilling –reskilling (requalificação).

Ou seja, Upskilling corresponde ao aprimoramento de alguma habilidade ou conhecimento já existente. Enquanto Reskilling significa muito mais do que apenas requalificar, o conceito expressa sobre aprender novas habilidades a fim de tornar-se apto a realizar um trabalho diferente.

Por que aplicar os conceitos em minha empresa?

 

Ambos os conceitos podem fazer sentido para o seu negócio, mas o importante é não deixar de lado o investimento no desenvolvimento de habilidades dos profissionais, independente da fase que esteja sua empresa.

As ações voltadas sobre estes dois conceitos, podem ser levados a profissionais diretos e até mesmo profissionais terceirizados, por exemplo em uma necessidade de adequação da equipe aos novos tempos ou prioridades que são exigidas em algum momento.

Desta forma, muitas vezes, um profissional que presta serviços para o seu negócio, seja em qualquer setor, torna-se mais produtivo e interessante para a organização quando recebe uma oportunidade de aprimoramento ou de aprender uma nova atividade para um novo setor.

Como aplicar os conceitos de Reskilling e Upskilling dentro da organização?

 

Em primeiro lugar, defina qual dos dois conceitos a sua empresa necessita.

Você pode se deparar com uma situação em que é necessário a aplicação dos dois conceitos ao mesmo tempo.

Aqui vão algumas perguntas que podem te ajudar a ter uma melhor definição:

  • Quais são as habilidades que os profissionais possuem e que são de extrema importância para o negócio?
  • Quais são as habilidades que há carência de aprimoramento?
  • Existe algum conhecimento técnico ou habilidade nova para que os profissionais sejam treinados?
  • Quantos são os profissionais que precisam de aprimoramento e quantos precisam aprender novas habilidades?
  • Quais são as expectativas deles em relação ao aprimoramento ou ao novo aprendizado?

Quando o objetivo for o aprimoramento, lembre-se de que o aprendizado oferecido deve ter relação com o setor de atuação do profissional.

E caso o objetivo esteja relacionado ao novo aprendizado, defina primeiro onde este profissional será realocado.

Lembrando que, o uso de requalificação também permite à organização buscar profissionais de dentro da empresa, de forma interna, para recompor o time de um determinado setor.

Com isso, se torna mais fácil entender quais são os principais cursos destinados no novo setor de atuação.

Além disso, mostre que a sua organização está aberta para receber feedbacks de seus profissionais.

Com isso será mais fácil reconhecer o descontentamento de um profissional pela área em que está inserido ou o interesse por outro setor da organização. 

Muitas vezes o baixo desempenho do profissional, se deve ao simples desconhecimento de uma nova técnica ou de habilidades.

Com ambos os conceitos, sua organização só tem a ganhar.

Afinal, profissionais com sentimento de valorização, respondem melhor aos desafios do dia a dia, multiplicam para o time tanto o sentimento quanto os conhecimentos, e sua empresa ganha mais qualidade e eficiência, com menor rotatividade de profissionais.

Conheça mais sobre Upskilling e Reskilling e entenda como a SOU pode ajudar seus colaboradores a se adaptarem a novas rotinas de aprendizado. 

Espero que gostem,

Mariana Brizotto,
Designer Educacional