Tecnologias educacionais, um caminho sem volta.

Postagem

Frente aos diversos feedbacks positivos que recebemos do artigo: Como ter Sucesso com educação corporativa no ano de 2021, e vendo o quanto esse tema faz sentido para as empresas e as pessoas que nos abordaram, decidimos tratar individualmente cada um dos insights levantados, aprofundando nos temas, e gerando ainda mais informações para nossos leitores. 😊

O primeiro tema a ser abordado é: “A tecnologia é um caminho sem volta”.

Esse insight pode parecer batido, mas vamos considerar que há pouco menos de um ano, transformação digital era “o futuro” e hoje, cá estamos, todos utilizando ao máximo o potencial tecnológico disponível.

A todo momento buscamos nos conectar com nossos colaboradores, e se considerarmos que ainda vivemos uma realidade onde muitas empresas permanecem com equipes 100% em home office ou parcialmente remotas até pelo menos o final do primeiro trimestre de 2021,  pensar em ações totalmente presenciais é colocar de largada o planejamento de treinamento em cheque, isso sem contar que muitas otimizações na forma de oferecer treinamentos foram encontradas com o isolamento forçado e voltar atrás, pode ser uma ideia não tão boa!

Por outro lado a tecnologia para fins educacionais que antes para alguns parecia um bicho de sete cabeças e uma barreira muito grande, vem se tornando cada vez mais parte do nosso dia a dia e as empresas vem se conscientizando que fazer acontecer e fluir um projeto de educação corporativa a distância depende muito mais da estratégia e expertise para gestão que a mesma possui do que simplesmente ter uma plataforma LMS. Ferramentas do dia a dia como Sharepoint, WhatsApp, Teams/ Zoom e afins, vão cada vez mais ganhando corpo e de fato sendo ferramentas de apoio a construção do conhecimento de colaboradores.

Uma recente pesquisa do site Toptools 4 learning que pode ser acessada em: https://www.toptools4learning.com/, traz como uma as 05 principais ferramentas de aprendizagem para o ambiente de trabalho no ano de 2020, respectivamente:

  • Zoom
  • Teams
  • Google Search
  • Youtube
  • Powerpoint

Isso mostra como o universo de educação corporativa, vai muito além das tradicionais ferramentas de gestão, e isso é de fato libertador. Se beneficiar dos recursos disponíveis para capacitar seus colaboradores é muito mais amplo do que simplesmente oferecer uma caixinha fechada e focar em simplesmente fazer a gestão dos acessos em um LMS. Óbvio que a gestão é importante e de forma alguma imaginamos que esse é um tema que deverá ser desprezado, porém, ampliando os horizontes e as possibilidades, usando todos os principais recursos para promover um engajamento mais amplo e acessível aos colaboradores que vem assumindo uma postura mais protagonista e provocando as empresas a entregar cada vez mais conteúdos, garantirá principalmente, que você promova uma real cultura de aprendizagem.

Muitos clientes, enxergaram no Sharepoint, antes visto como um simples ambiente de compartilhamento e repositório, a oportunidade de criar um portal de aprendizagem, onde a disponibilização de objetos de aprendizagem (muitos deles aulas ao vivo utilizando o Zoom ou o Teams) além de uma comunicação constante seja diretamente pelas plataformas, usando e-mail marketing entre outras peças que as áreas de treinamento e comunicação corporativa enxergaram como novas formas de engajar. Ações simples, mas eficazes, muitas vezes o “back to basics” passou a atender e suprir a necessidade de diversas organizações que precisaram se reinventar.

Contar com o apoio de uma empresa especialista em educação digital, que possa apoiar na criação de uma estratégia eficiente, observando os diferentes públicos disponíveis na empresa, e focando além do oferecer treinamentos, na criação de um propósito para o consumo destes conteúdos e na importância de que esses colaboradores, sejam reais promotores do projeto de educação, pode ser o grande segredo entre o sucesso e o insucesso de tais ações.

 

Bruno Falcão

 

Deixe uma resposta